Pele plena em 5 minutos

Chegou aquele momento do mês que a gente vai falar de maquiagem! E se no mês passado a gente conversou sobre o match perfeito entre o mundo do Skincare e dos produtos de make, esse mês eu vim contar pra vocês que além de cuidar da pele, tem como deixar ela com uma aparência impecável de forma rápida e fácil! Quer esconder aquelas manchinhas que te incomodam ou as olheiras? Deixar ela com aspecto uniforme, bonito e saudável, sem mistério? Participar das reuniões por vídeo chamada (alô home-office de cada dia) com cara de quem dormiu bem? Ou ainda sobreviver ao “tira e põe” da máscara de proteção sem tirar sua make? Tem como! Vem comigo ver 5 dicas de make pra fazer aquela pele de bonita!

1 – Hidratação sempre!

Se você leu o post do match perfeito, viu que a hidratação é um passo imprescindível pra garantir uma make com durabilidade. Seja usando um hidratante com cor (lembra que falei do BBCream?) ou optando pelo combo “hidratação+primer+base”, não dá pra pular esse passo. A minha dica é: conheça a sua pele – todas as peles precisam de hidratação e conhecer o seu tipo de pele vai fazer você optar pelo produto correto e ficar feliz com o resultado desse primeiro passo.

Se você tem uma pele mais ressecada (que você sente repuxar, sem brilho ou rachada), opte por hidratantes mais concentrados e ricos em emolientes que devolverão o viço e a elasticidade da pele.

Se você tem a pele mista (em que a testa, nariz e queixo – também chamados de zona T – tendem a ficar oleosos e com aspecto brilhoso ao longo do dia, mas o restante do rosto permanece mais sequinho) você pode escolher hidratantes em textura de gel, que hidratam sem pesar e garantem o efeito saudável da pele.

Se você tem a pele oleosa (que você sente inclusive as laterais do rosto com aspecto mais brilhoso, com tendência a cravos e acne) opte por hidratantes mais aquosos e leves. A pele oleosa muitas vezes produz óleo pois tem carência de água, sabia?

Importante: um profissional dermatologista pode te ajudar a identificar e a usar produtos apropriados pro seu tipo de pele, então consulte um sempre que possível!

2 – Corretivo é pra corrigir, né?

Nem toda make precisa contar com nossa antiga amiga Base. Existem corretivos cada vez mais versáteis e de diversos efeitos no mercado da maquiagem. Seja importado ou nacional, novamente o importante é entender qual seu tipo de pele e qual efeito você quer.

Quer um efeito mais sutil? Opte por corretivos mais fluidos, aplique com os dedos ou esponjinha úmida apenas nas regiões onde você quer corrigir alguma descoloração ou mancha, de forma pontual e com efeito mais natural.

Quer um efeito mais “filtro do Instagram”? Os corretivos de alta cobertura vieram para ficar e podem garantir uma pele de boneca sem ficar necessariamente pesada.  Aqui a dica é aplicar onde você precisa e esfumar com um pincel ou esponja pra que a cobertura se espalhe e crie uma camada uniforme, sem marcações na pele.

Muitos maquiadores de moda e TV usam o truque da pele de corretivo nas chics e famosas, sabia?

3 – Pó translúcido pra você não craquelar

Você já deve conhecer ou ter ouvido falar no tal do pó translúcido: evolução do antigo pó compacto, hoje também encontrado na sua versão pó solto que tem como principal função ajudar a fixar a maquiagem e matificar a pele.

Ele pode não ter cor, ter leve cintilância, ser rosado ou amarelado (o famoso pó banana), ser solto ou compacto… mas uma coisa é certa: em qualquer uma das suas versões ele é muito bem vindo para selar o corretivo aplicado na nossa pele, fazendo com que esse corretivo não acumule nas linhas finas, não craquele em regiões da pele muito móveis (olheiras por exemplo) e também não transfira tão facilmente. Lembra que falei da dica pra máscara de proteção não acabar com sua make? Tá aqui!

 

4 – Blush/Bronzer

Se você tá fazendo a quarentena direitinho, é porque você quer estar saudável né? E pele saudável além de bem cuidada, também tem aquele aspecto coradinho nas bochechas, uma coisa “peguei um sol na janela de casa”.

Depois de aplicar o pó solto, você pode optar por usar um Blush ou Bronzer para devolver um pouco de cor ao rosto. Mas qual a diferença?

O blush tem tons que variam do rosado ao pêssego ou coral e em casos de peles escuras, vermelhos e bordô – e dá ideia de temperatura para pele.

O bronzer – como o nome diz – dá ideia de estar bronzeado. Em tons mais quentes como marrom ou terracota e podem ter cintilância e leve brilho.

Pra aplicar é fácil: use um pincel apropriado e que seja bem macio, dê um sorriso em frente ao espelho e aplique suavemente nas maçãs do rosto, suavizando com o pincel em direção às têmporas.

5 – Hora do Glow

Quer devolver um pouco de luminosidade ou ficar com aquele efeito espelhado em regiões pontuais do rosto? O iluminador é minha última dica pra essa pele!

Perolados, cintilantes ou intensos, mais uma vez quem escolhe é você. Os efeitos podem te deixar com aquele glow que acompanha a hidratação da pele ou ser mais intenso em regiões como acima da boca, abaixo da sobrancelha e pontinha do nariz. Além de dar um up no zigomático (região acima das maçãs do rosto).

Para efeitos mais suaves, aplique com o dedo anelar em leves batidinhas ou pincel mais leve. Para efeito mais intenso, construa camadas ou aplique na pele levemente úmida com uma água termal, por exemplo.

Seja você amante das makes ou alguém que tá começando a se interessar por esse universo, essas 5 dicas vão te ajudar a fazer uma pele rápida e prática. E não precisa fazer os 5 passos se não quiser, tá? O importante é você se divertir e se sentir bem no processo. Afinal tem coisa melhor que se tratar com carinho?

Rafael Mello é maquiador, vencedor do reality de make Superbonita do GNT, finalista do “Oscar da maquiagem”, o PrêmioAvon, e autor do instagram @sarahvikaqueen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU